N1 – RESGATE TÉCNICO VERTICAL AVANÇADO – INTERNACIONAL TASK

COLLEGE logo - N1 – RESGATE TÉCNICO VERTICAL AVANÇADO – INTERNACIONAL
organograma maior ATUALIZADO 1024x768 - N1 – RESGATE TÉCNICO VERTICAL AVANÇADO – INTERNACIONAL

NOTA: O nível INDUSTRIAL é desenvolvido a brigadas de emergência e equipes de resgates internas para uso de equipamentos automáticos e pré engenharia. Conteúdo programático e carga horaria, conforme análise de risco (NBR 16.710). Esse modulo poderá ser desenvolvido a qualquer momento.

Apresentação das melhores soluções técnicas para resgates industriais nas emergências em trabalhos em altura e espaços confinados. O RTVA reúne as principais manobras individuais e coletivas baseadas nas técnicas mais atualizadas de acesso por cordas e movimentação de macas de nível básico para diferentes postos de trabalho na indústria. São três dias de curso e a base dele é o acesso por suspensão de vítimas, nas operações especiais com macas STR e nos métodos de operações em espaços confinados. As técnicas são apresentadas em “flashes” e vivenciadas em cenários próximos aos da realidade industrial.

OBJETIVO

O objetivo do programa é apresentar as melhores técnicas de resgate vertical desenvolvidas ao redor do mundo tendo, como base, o acesso por corda e a movimentação de macas em ambientes industrias, espaços confinados, planos inclinados, operações suspensas e muito mais!

N1 RTVA (Operacional) – Resgate Técnico Vertical Avançado – 24 horas, 3 dias.

FORMAÇÃO DE RESGATISTAS PARA OPERAÇÕES DE RESGATE TÉCNICO EM ALTURA E ESPAÇOS CONFINADOS NÍVEL OPERACIONAL – NBR 16710

PROGRAMA DE TREINAMENTO: Apresentação das melhores soluções técnicas para resgates industriais nas emergências em trabalhos em altura e espaços confinados. O RTVA (Operacional) reúne as principais manobras individuais e coletivas baseadas nas técnicas mais atualizadas de acesso por cordas e movimentação de macas de nível básico para diferentes postos de trabalho na indústria. São três dias de curso e a base dele é o acesso/resgate técnico por suspensão de vítimas, nas operações especiais com macas STR, sistemas de pré engenharia e nos métodos de operações em espaços confinados. As técnicas são apresentadas em “flashes” e vivenciadas em cenários próximos aos da realidade industrial.

OBJETIVO: O objetivo do programa é apresentar as melhores técnicas de resgate vertical desenvolvidas ao redor do mundo tendo, como base, o acesso por corda e a movimentação de macas em ambientes industriais, espaços confinados, planos inclinados e operações suspensas.

CONTEUDO PROGRAMATICO:

 

  1. Normas regulamentadoras oficiais e normas técnicas brasileiras aplicáveis;
  2. Princípios de segurança de uma operação de resgate;
  3. Identificação dos riscos associados a uma operação de resgate;
  4. Avaliação de Risco X Benefícios em uma operação de resgate;
  5. Noções básicas do SCI – Sistema de Comando de Incidentes;
  6. Fatores técnicos que afetam a eficiência de um resgate com corda e em espaço confiando;
  7. Certificação dos equipamentos e sistemas de resgate, informações de carga e limites de uso;
  8. Seleção e uso correto dos equipamentos pessoais de resgate;
  9. Seleção e uso correto dos equipamentos coletivos de resgate;
  10. Técnicas de progressão básicas em cordas com ascensão e descidas e com descensor D4;
  11. Técnicas de auto-resgate com progressões verticais com corda;
  12. Intervenção de resgate com corte de material têxtil;
  13. Intervenção de resgate com contrapeso;
  14. Conceituação de fator de quedas e força de choque gerada por uma queda;
  15. Como se desenvolve a Síndrome do Arnés e suas principais medidas terapêuticas;
  16. Nós básicos de encordoamento utilizados nas operações de resgate;
  17. Montagem de ancoragens simples, em serie e semi-equalizadas com nós de encordoamento;
  18. Efeito dos ângulos formados pelas ancoragens na repetição de cargas;
  19. Conceituação das macas de resgate STR Plus II, H-STR e Block II;
  20. Técnicas de movimentação básicas com macas de resgate;
  21. Técnicas de imobilização de pessoas lesionadas em macas, com ou sem imobilizadores de coluna ou membros;
  22. Montagem e operação de sistemas básicos de vantagem mecânica com blocos de polias;
  23. Técnica de movimentação vertical de macas com D4 “In Punta”;
  24. Técnica de contrapeso com D4 “In Punta”;
  25. STEF – Sistema Técnico de Equilíbrio Fácil;
  26. Operações de resgate com a técnica de montagem de tripé em “pescante”;
  27. Operações de resgate para movimentação vertical de macas com uso da técnica de Rapel Guiado;
  28. Operações de resgate com movimentação de macas em planos inclinados;
  29. Operações de evacuação e resgate com dispositivo de descida e resgate automático MRG9-2P Hub;
  30. Operações de resgate com Sistemas de Pré-Engenharia R-Alf Rescue 5 e Lock 3;
  31. Operações de resgate de pessoas aprisionadas em teleféricos com uso de sistema de pré-engenharia Cable Car;
  32. Métodos de resgate em espações confinados com emprego de sistemas de vantagem, mecânica simples;
  33. Inspeções de pré-uso e periódicas, cuidados básicos com os equipamentos de resgate;
  34. Identificação das condições de prontidão operacional ou defeitos, danos ou desgaste para recusa dos equipamentos reprovados nas inspeções;
  35. Métodos de manutenção, acondicionamento e transporte dos equipamentos de resgate;
  36. Técnicas de fortuna;
  37. Técnicas de uso de equipamentos de proteção respiratória aplicados nos resgates em espaços confinados;
  38. Utilização dos meios de comunicação, bem como emprego de uma terminologia empregada como linguagem-padrão para emergências;
  39. Apresentação de resultados do teste com dinamômetro.

 

VALIDADE: 2 anos

DURAÇÃO / CARGA HORÁRIA: O programa de treinamento Sistema COLLEGE – Nível 1 – RTVA (nível operacional – NBR 16.710) – Resgate Técnico Vertical Avançado – Internacional possui a duração de 3 dias com carga horária total de 24 horas.

CERTIFICAÇÃO

Projeto de treinamento com carga horaria de 24 horas, em concordância com as normas NR33, NR35 do Ministério do Trabalho e Emprego – Brasil, normas NBR 16710, NBR 16577, NBR 14608, NBR 14276 da ABNT, NFPA 1006, NFPA 1670 e de acordo com os padrões do Sistema COLLEGE.

 

PÚBLICO-ALVO: É a porta de entrada do sistema COLLEGE e a formação de resgatistas conforme NBR 16.710.

Esse módulo é indicado para maiores de 18 anos com ou sem experiência em operações verticais ou profissionais da área de resgate em altura, acesso por corda, trabalho em altura, segurança do trabalho, atendimento pré-hospitalar, bombeiros civis, bombeiros militares e brigadas de emergência.

PRÉ-REQUISITOS

Maior de 18 anos.

 

Serão aprovados aqueles candidatos que atenderem aos seguintes requisitos obrigatórios para provação do Sistema COLLEGE:

 

  1. Presença integral ao treinamento;
  2. Execução de todos os exercícios práticos propostos;
  3. Prova teórica com aproveitamento mínimo de 70%;
  4. Prova prática com aproveitamento de 100%.

IMPORTANTE: A presença integral e a execução de todos os exercícios práticos propostos são pré-requisitos de habilitação para as avaliações teóricas e práticas.

CONDICIONAMENTO FÍSICO: É recomendável aos participantes possuírem um bom condicionamento físico compatível com os esforços físicos exigidos para o desempenho dos exercícios práticos obrigatórios contidos no programa. Os participantes deverão declarar que não possuem qualquer restrição de ordem física ou problemas de saúde e psicossociais que possam colocar em risco a sua performance durante todo o programa.

 

DESENVOLVIMENTO E COORDENAÇÃO: TASK

 

INSTRUTORES: Equipe TASK ACADEMY

 

 

Segurança em Primeiro Lugar.

Mais de 20 anos capacitando profissionais

Se você quer saber mais sobre os nossos Treinamentos
clique no botão abaixo e entre em contato.