A ancoragem é um elemento de segurança para trabalhos em altura, operações de resgate ou atividades verticais aptas a suportar carga de pessoas ou cargas produzidas por uma queda.

Conforme denominado pela norma NBR 16325 existem quatro tipos de dispositivos de ancoragem, denominados como tipo A, tipo B, tipo C e tipo D.

 

Ancoragem Tipo A

Tipo A1: Dispositivo de ancoragem projetado para ser fixado a uma estrutura por meio estrutural ou de um elemento de fixação.

Os tipos mais comuns são placas (ou chapeletas) e os olhais. São construídos em materiais metálicos como o aço carbono e o aço inox (melhor indicado). A sua carga de resistência mínima em testes para ser certificado deve suportar uma carga estática de 12kN, embora a grande maioria suporte uma carga de resistência acima dos 22kN, dependendo do fabricante e material utilizado. Os requisitos para esse tipo de dispositivo são específicos para suportar a carga dinâmica de apenas uma pessoa.

Tipo A2: Dispositivo de ancoragem desenvolvido para ser fixado em telhados inclinados.

23 - QUAIS OS TIPOS DE DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM?

São dispositivos geralmente utilizados em telhado ou planos que apresentam uma inclinação que desfavorece a utilização dos dispositivos tipo A1.

 

Ancoragem Tipo B

Dispositivo de ancoragem transportável com um ou mais pontos de ancoragem estacionários. Esses dispositivos não são instalados em uma ancoragem estrutural através de um elemento de fixação. Por exemplo, são montados ao redor de uma viga, no marco de uma porta ou janela ou no piso de alguma estrutura.

24 - QUAIS OS TIPOS DE DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM?25 - QUAIS OS TIPOS DE DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM? 26 - QUAIS OS TIPOS DE DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM?28 - QUAIS OS TIPOS DE DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM?29 - QUAIS OS TIPOS DE DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM?

São dispositivos de instalação fácil em que o próprio usuário poderá fazer mediante a escolha da ancoragem estrutural apropriada, conforme instrução passada pelos fabricantes em seus manuais. Ainda assim, recomendamos que todo local que possa receber a instalação de dispositivos de ancoragem transportáveis seja determinado através de um calculo estrutural por um profissional legalmente habilitado.

Os dispositivos desse tipo podem ser metálicos ou têxtil. A sua carga de resistência mínima em testes para ser certificado deve suportar uma carga estática de 12kN, ou para elementos não metálicos deve ser de 18kN.

 

Ancoragem Tipo C

São dispositivos de ancoragem empregados em linhas de vida flexíveis horizontais. Para os efeitos da norma brasileira linha horizontal é subentendida como a que deriva do plano horizontal não mais que 15°.

Os sistemas de linhas de vida são uma das soluções mais básicas para trabalhos em altura em telhados ou superfícies onde não existem sistema de proteção coletiva, onde se faz necessário deslocamento dos trabalhadores ao longo de um ou mais pontos em edificações que não oferecem um controle para o risco de queda.

30 - QUAIS OS TIPOS DE DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM?

Ancoragem Tipo D

Dispositivo de ancoragem empregado em uma linha de ancoragem rígida que não se desvie do plano horizontal por mais de 15°. Esse sistema é formado basicamente por um trilho rígido metálico por onde desliza um carro ou um trole que servirá como ponto móvel de ancoragem para conexão do componente de união.

31 - QUAIS OS TIPOS DE DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM?

TASK – Segurança em Primeiro Lugar!